O piloto precisou de 25.41 minutos para cumprir os 39 quilómetros cronometrados da primeira etapa, 24 segundos a menos que o segundo classificado, o espanhol Xavier Pons.

O tempo do qatari foi afetado por um incêndio no lado direito do carro, segundo contou o próprio ao sítio oficial da prova na internet, que o obrigou a “abrandar” quando faltavam dez quilómetros para o fim do troço cronometrado.

“Vimos fumo a sair do lugar do Mathieu Baumel [copiloto de Al-Attiyah]. Abrandámos até final e depois de cortar a meta apagámos o fogo”, contou.

Em terceiro e quarto lugares terminaram dois espanhóis, ambos da Peugeot: Nani Roma e Carlos Sainz, respetivamente.

O campeão em título da categoria, o francês Stephane Peterhansel (Peugeot), terminou em 12.º, atrás do compatriota Sebastian Loeb (Peugeot), que terminou em sexto, um lugar atrás do sul-africano Giniel De Villiers (Toyota).

Em nono classificou-se o finlandês Mikko Hirvonen (Mini), atrás do francês Cyril Despres (Peugeot), oitavo, e de Yazeed Al Rajhi (Mini), da Arábia Saudita, que terminou em sétimo.

Na etapa inaugural em motos, o melhor português foi Paulo Gonçalves (Honda), que terminou em quinto lugar, tendo percorrido os 39 quilómetros cronometrados em 28.48 minutos, a 25 segundos do vencedor da tirada, o francês Xavier de Soultrait (Yamaha).

Joaquim Rodrigues (Hero) foi o segundo melhor português, na 16.ª posição, a 1.22 minutos, com Hélder Rodrigues (Yamaha) a ser 27.º, a 2.27, Mário Patrão (KTM) a terminar em 29.º, a 2.38, e Luís Portela de Morais (KTM) a concluir na 35.ª posição, a 3.28.

Gonçalo Reis (KTM) foi 39.ª, a 3.44 minutos do vencedor da tirada, Fausto Mota (Yamaha) acabou em 53.º, a 5.04, David Megre acabou em 56.º, a 5.07, Pedro Bianchi Prata (Honda) foi 62.º, a 5.52, Rui Oliveira (Yamaha) terminou na 68.ª posição, a 6.22, e Fernando Sousa Jr. (KTM) foi 101.º, a 9.16.

Na terça-feira, disputa-se a segunda etapa, entre Resistência e San Miguel de Tucumán, com um total de 803 quilómetros, dos quais 275 cronometrados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.