Numa reedição da final do último Open dos Estados Unidos, Djokovic ‘vingou-se’ de Medvedev e venceu por 4-6, 6-3, 6-3, em duas horas e 16 minutos.

Depois de já ter assegurado na véspera que iria terminar a temporada no topo da hierarquia mundial por um inédito sétimo ano, ‘Nole’ acrescentou mais um recorde ao seu palmarés, ao somar o 37.º título Masters 1000.

Até hoje, o sérvio partilhava o recorde com o espanhol Rafael Nadal, com 36 troféus na segunda mais importante categoria do ténis masculino, apenas abaixo dos Grand Slam.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.