Entre os acusados está Evgeny Ustyugov, que venceu o evento olímpico de largada em massa em 2010 em Vancouver, no Canadá, e a prova de estafeta masculina em 2014 em Sochi, na Rússia, e que é acusado de montar um vasto esquema de 'doping'.

Svetlana Sleptsova, medalha de ouro na prova de estafeta feminina em 2010, é a outra atleta olímpica envolvida neste caso, que abrange ainda Alexander Pechyonkin e Alexander Chernyshov.

A questão do 'doping' entre atletas russos colocou a modalidade de biatlo, caracterizada pelas provas de esqui de corta-mato e de tiro, em choque em abril último, quando a polícia austríaca fez buscas na sede da UIB e desmontou o esquema em marcha.

Na altura, esta ação levou à demissão do presidente da UIB, Anders Besseberg, que liderava há vários anos a instituição.

Os procuradores alegam que cerca de 265 mil euros em subornos foram pagos ao longo de vários anos para encobrir casos de 'doping' envolvendo atletas russos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.