"Ponderada a prova produzida, bem como todo o circunstancialismo fático, a conduta do clube arguido, a necessidade de prevenção de futuras infrações, que se considera elevada, e gravidade da situação ocorrida, propõe-se sancionar o clube arguido, FC Porto, com pena de interdição de campo pelo período de 3 (três) jogos e multa equivalente 2 (dois) salários mínimos nacionais (1.160,00 euros)", pode ler-se na nota emitida no sítio oficial da FPP.

Esta decisão surge na sequência da participação apresentada pelo Sporting devido às agressões sofridas pelo seu diretor geral das modalidades, Miguel Albuquerque, e pela sua mulher, que se encontravam na zona destinada aos dirigentes 'leoninos', por parte de um adepto portista, que estava instalado num camarote de empresa, durante a primeira parte do jogo, da 20.ª jornada do campeonato e que o Fc Porto vence 3-1.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.