Na relva do All England Club, Rybakina, que já tinha igualado em Wimbledon o seu melhor resultado em ‘Grand Slam’, depois dos ‘quartos’ em Roland Garros em 2021, ainda perdeu o primeiro ‘set’, mas acabou por virar o marcador, vencendo com parciais de 4-6, 6-2 e 6-3, em uma hora e 51 minutos.

Nas meias-finais, Rybakina vai defrontar a romena Simona Halep, 18.ª da hierarquia mundial, que, pouco antes, se desembaraçou da norte-americana Amanda Anisimova, 25.ª do mundo, por 6-2 e 6-4.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.