Os três principais aspirantes ao título ficaram nos lugares imediatamente a seguir, separados por seis décimos de segundo.

O líder do campeonato, o belga Thierry Neuville (Hyundai), foi o terceiro, gastando exatamente o mesmo tempo do que Latvala a cumprir os 1,70 quilómetros de especial em Tir Prince. Logo a seguir ficou Sébastien Ogier (Ford), que na prova anterior, na Turquia, baixou ao terceiro posto do campeonato.

Desta vez, o estónio Ott Tanak (Toyota), segundo no campeonato, começou da pior forma, ao embater num morro de terra durante o troço de aquecimento, o 'shakedown', esta manhã. À tarde, já com o Yaris reconstruído pelos mecânicos, cedeu quase um segundo face ao mais rápido.

Na sexta-feira, os pilotos enfrentam oito troços cronometrados, com um total de 110,76 quilómetros.

O rali da Grã-Bretanha é a antepenúltima prova do calendário mundial. Thierry Neuville partiu como líder do campeonato, com 187 pontos, mais 16 do que Ott Tanak.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.