À entrada para a terceira e derradeira partida do Grupo F, Portugal ocupa o terceiro lugar, com três pontos, os mesmos da Alemanha, que subiu ao segundo posto após o triunfo por 4-2 sobre a equipa das ‘equipas’, e menos um do que os franceses, que lideram, enquanto a Hungria segue em último, com um.

A vitória sobre a França garante imediatamente a qualificação lusa num dos dois primeiros lugares do grupo, mas uma derrota por 2-0 poderá será suficiente para essa passagem (se a Hungria não vencer a Alemanha), uma vez que, além dos dois primeiros, também os quatro melhores terceiros classificados dos seis agrupamentos se apuram para os ‘oitavos’, pelo que a seleção nacional precisaria de suplantar dois deles, para ‘carimbar’ uma vaga na próxima fase.

De resto, um empate é igualmente suficiente para carimbar a passagem à fase seguinte — fazendo 4 pontos, Portugal ficará à frente de Suíça, Finlândia e Ucrânia, todos terceiros classificados mas com menos golos do que a seleção nacional. Mas o resultado até poderá colocar Portugal no segundo posto do grupo, caso a Hungria supere a Alemanha, situação que deixaria os germânicos no último posto e fora dos ‘oitavos’.

Pelo terceiro Europeu seguido, a seleção nacional vai ter de recorrer à ‘calculadora’ na derradeira ronda da fase de grupos, na qual vai reeditar decisões recentes com os franceses, a mais ‘saborosa’ das quais há cinco anos, na final de um Euro2016 de tão boa memória para as cores lusas, ‘pintadas’ pelo inesperado golo de Éder em pleno Stade Saint-Denis.

Contudo, em novembro do ano passado, ‘les bleus’ superaram Portugal por 1-0, no Estádio da Luz, e asseguraram a passagem às meias-finais da Liga das Nações, impedindo que a equipa das ‘quinas’ continuasse a defender o troféu conquistado na primeira edição.

A derrota com a Alemanha fez reerguer algumas dúvidas quanto ao melhor ‘onze’ que Fernando Santos poderia apresentar e até é expectável que o técnico proceda a algumas alterações, sendo provável a entrada de Renato Sanches, que em tão bom nível se exibiu nos dois primeiros jogos, depois de ser lançado do banco de suplentes.

*Com Lusa 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.