“É um clube enorme. Acompanho o Benfica desde jovem devido a todos os futebolistas argentinos que jogaram aqui. É um sonho poder estar agora neste clube por onde passaram grandes jogadores”, afirmou à BTV Facundo Ferreyra, de 27 anos.

Ferreyra salientou o facto de se preparar para partilhar o balneário com alguns compatriotas, nomeadamente Salvio, Cervi e Conti, também recém-contratado, e lembrou outros que já passaram pelo Benfica.

“É um clube muito reconhecido na Argentina. Vários jogadores atuaram cá: Di María, Aimar, Saviola. Naturalmente, segue-se muito a liga portuguesa, tendo em conta os argentinos que jogam cá, e quando me falaram em vir para o Benfica não hesitei”, acrescentou.

O argentino definiu a mudança para o Benfica como “um grande desafio" e justificou-a dizendo que “precisava de experimentar uma Liga melhor num grande clube”.

Formado no Banfield, onde iniciou a carreira profissional em 2010/11, Ferreyra esteve uma época no Vélez Sarsfield (2012/13), antes de rumar ao Shakhtar. Em 2014/15, foi emprestado ao Newcastle, de Inglaterra, mas nunca foi opção, e regressou na temporada seguinte ao plantel da equipa ucraniana.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.