O anúncio foi feito pela Real Federação Espanhola (RFEF).

A dois dias do jogo com Portugal, Hierro vai liderar a Espanha pela primeira vez.

“Fernando Hierro assumirá o cargo de selecionador nacional no campeonato do mundo da Rússia e comparecerá perante a imprensa acompanhado pelo presidente da federação”, anunciou a Federação, em comunicado.

A RFEF, que convoca a comunicação social para uma conferência de imprensa marcada para as 18:30 locais (16:30 em Lisboa), em Krasnodar, avança ainda que Hierro “dirigirá o seu primeiro treino na sexta-feira e estreia-se em Sochi, com Portugal”.

O ex-central do Real Madrid, clube em que jogou entre 1989/90 e 2002/03, tem apenas uma experiência como treinador principal, em 2016/17, no Oviedo, da segunda divisão espanhola, e, em 2014/15, foi adjunto do italiano Carlo Ancelotti nos ‘merengues’.

O anúncio acontece depois de, na manhã desta quarta-feira, o presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, ter anunciado o afastamento de Julen Lopetegui dos comandos de la roja.

"Vimo-nos obrigados a prescindir do selecionador nacional", disse o líder da RFEF, um dia depois de Lopetegui ter sido anunciado esta terça-feira (12) como treinador do Real Madrid para as próximas três temporadas.

Rubiales adiantou que a federação espanhola não foi contactada em toda a transferência para o Real Madrid.

Questionado sobre o motivo que levou à saída de Lopetegui, Rubiales referiu que "a Federação Espanhola de Futebol não pode manter-se à margem de uma negociação com um dos seus quadros e ser inteirada da situação 5 minutos antes de ser oficializada".

"Agradecemos a Julen tudo o que fez, porque é um dos grandes responsáveis por estarmos na Rússia, mas vemo-nos obrigados a dispensá-lo. Tem de haver uma mensagem clara para todos os trabalhadores da Federação Espanhola de que há formas de atuar que têm de ser cumpridas", disse Luis Rubiales, que foi eleito em maio para o cargo na Federação.

"Ganhar é muito importante, mas há coisas mais importantes — como as formas de trabalhar —, e é por isso que, apesar de Lopetegui ser um treinador 'de ponta', fomos forçados a tomar essa decisão".

Os jogadores da seleção ouviram as explicações do técnico e "transmitiram o seus compromisso máximo". Lopetegui diz não ter dúvidas "de que vão dar tudo, não importa o que aconteça".

A seleção espanhola integra o grupo B no Mundial2018, com Portugal, Irão e Marrocos. A estreia será frente a Portugal, campeão europeu em título, em 15 de junho, em Sochi.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.