Um ano depois da vitória de Portugal no Euro2016 frente à anfitriã França, Fernando Santos afirmou ainda que a partida frente à Hungria foi “um momento muito importante” na caminhada rumo à conquista do título europeu, por ter sido aquele em que os jogadores “definitivamente acreditaram que iam ganhar”.

“Quem anda nisto há muitos anos percebe como estas coisas funcionam. Estávamos a construir uma família muito forte. Como disse o Quaresma, estávamos a construir uma casa de maneira forte que não seria abalada por qualquer vento. Isso foi vital para conquistar o campeonato da Europa”, disse, no final da sessão de visionamento de um documentário sobre o Euro2016.

Fernando Santos confidenciou ainda que para a sua “forte convicção” de que Portugal poderia vencer o Campeonato da Europa contribuiu “aquilo que os jogadores vinham dizendo” e “a família que foi sendo construída ao longo de cada estágio”.

“Há coisas que marcarão a minha vida para sempre e foi um privilégio trabalhar com todos eles”, acentuou.

A seleção portuguesa de futebol sagrou-se campeã europeia pela primeira vez na sua história depois de bater a França por 1-0, após prolongamento, na final da competição, disputada em 10 de julho de 2016.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.