"Este resultado é um bálsamo para todos nós. É muito bom estar de volta às vitórias nas ELMS", comentou Filipe Albuquerque, em declarações divulgadas pela sua assessoria de imprensa.

O piloto de Coimbra atribui esta vitória à alteração no fornecedor de pneus da equipa.

"Depois de uma época difícil sem conseguirmos impor um ritmo forte, foi com satisfação que vi a equipa tomar a decisão de alterar os pneus e desde cedo que percebemos que estávamos no caminho certo", sublinhou.

O piloto da United Autosports saiu da segunda posição da grelha rumo à vitória numa prova encurtada para duas horas devido à chuva que se abateu sobre o circuito belga.

"Felizmente que já estávamos em primeiro quando a prova foi concluída. As condições estavam a ficar muito difíceis e perigosas. Foi, sem dúvida, a melhor decisão. Foi uma vitória numa corrida atípica, mas que nos deixa extremamente orgulhosos. Agora esperamos manter o registo e arrecadar nova vitória em Portimão para terminar o ano em beleza", concluiu.

A pontuação atribuída por esta prova foi reduzida a metade e, por isso, em vez dos habituais 25 pontos, Filipe Albuquerque, que partilhou o Ligier com Phil Hanson, recebeu 12,5, resultado que deixa a equipa na sétima posição, com 29 pontos.

A G-Drive Racing, da Rússia, sagrou-se hoje campeã.

A derradeira jornada decorra no Autódromo Internacional do Algarve, em 28 de outubro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.