A escolha acontece no mesmo dia em que a FIFA revelará o melhor treinador de 2016, numa lista em que o francês concorre com o português Fernando Santos, que levou Portugal ao título europeu, e o italiano Claudio Ranieri, campeão inglês com o Leicester.

“Ter a oportunidade de fazer o que amo, saborear a vitória. São coisas que usufrui como jogador e que agora faço como treinador, ainda que seja um trabalho de ‘loucos’. Vivo cada dia intensamente, sei que um dia terminará”, disse o ex-futebolista à France Football.

A revista lembra ainda que ‘Zizou’, que venceu o Mundial1998 com a França, só perdeu dois dos 55 jogos que dirigiu com o Real Madrid, desde que assumiu o cargo a 04 de janeiro do último ano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.