Gonçalo Oliveira, 284.º na classificação mundial, não conseguiu contrariar o favoritismo de Humbert, 100.º, que resolveu o encontro em uma hora e 23 minutos.

O portuense, de 23 anos, continua em prova na variante de pares, na qual disputa, ainda hoje, o acesso à segunda ronda do torneio ao lado do checo Zdenek Kolar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.