“A Fórmula 1 vai manter-se na Cidade do México. Amanhã [quinta-feira] o presidente da FIA, Jean Todt, estará cá para assinar o contrato. Isto só foi possível graças ao investimento de um grupo de empresários, já que nesta altura a cidade não está em condições de poder contribuir financeiramente”, escreveu Cláudia Sheinbaum, na sua conta oficial na rede social Twitter.

Depois de 11 anos de ausência, a Fórmula 1 regressou ao México em 2015 e é agora certo que o Autódromo Hermanos Rodríguez vai voltar a receber a ronda mexicana, numa corrida que terá 71 voltas.

O Grande Prémio do México, 18.ª ronda da temporada, está agendado para 27 de outubro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.