De acordo com o mesmo documento, estas federações, todas com utilidade pública desportiva, vão reunir-se para “encontrarem os principais pontos de convergência que unem as federações desportivas no diagnóstico da situação e na visão comum para o desporto” português.

A Plataforma do Desporto Federado, como se intitula este grupo de federações, tenciona marcar um Congresso do Desporto Federado, considerando que os membros deste grupo têm a “convicção de que o reforço do Desporto em Portugal acontecerá se as federações tiverem a capacidade de convergirem e de trabalharem em conjunto”.

“Une-nos um objeto social e cultural comum: o desporto. Une-nos a convicção de que o desporto é um setor com valores fundamentais para o desenvolvimento de Portugal, como sociedade e dos portugueses, como cidadãos”, defendem.

Esta estrutura já reuniu em 18 de maio último, na Faculdade de Motricidade Humana, também em Oeiras, então num encontro que juntou 26 federações.

Além da federação de natação, são também fundadoras desta plataforma as federações de ginástica, triatlo, atletismo, canoagem, ciclismo, judo, ténis de mesa e desporto universitário.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.