Hélio Sousa alertou para a organização da Coreia do Sul, os talentos individuais da Argentina e a intensidade de jogo da seleção sul-africana, que é a única que Portugal ainda não defrontou em competições deste escalão.

“A Coreia do Sul foi finalista vencida no apuramento da Ásia. É uma seleção organizada e competente, pelo que o jogo inaugural [de Portugal} vai ser difícil”, disse Hélio Sousa, citado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A seleção nacional, que tem dois títulos, conquistados em 1989, na Arábia Saudita, e 1991, em Portugal, estreia-se diante da Coreia do Sul, em 25 de maio, seguindo-se os embates com Argentina, três dias depois, e África do Sul, em 31 de maio, sempre na cidade de Bielsko-Biala.

“A Argentina também foi segunda no apuramento sul-americano, o que torna o nosso grupo um dos mais fortes da competição. Possui jogadores de qualidade, que fazem a diferença, e um jogo consistente”, adiantou o selecionador luso.

Com seis títulos na prova, a Argentina é a seleção que mais vezes ergueu o troféu.

“A África do Sul foi terceira classificada da zona africana e, como é normal nestas seleções, possui jogadores com qualidade e intensidade grande de jogo”, considerou ainda Hélio Sousa.

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo de sub-20 realiza-se na Polónia, entre 23 de maio a 15 de junho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.