A decisão foi anunciada no segundo e último dia da reunião do conselho mundial da organização, a decorrer no Mónaco.

Concorriam com Nanjing as cidades de Belgrado (Sérvia) e Torun (Polónia).

Com mais de oito milhões de habitantes, a cidade de Nanjing acolheu os Jogos Olímpicos da Juventude em 2014 e anunciou que vai construir de raiz um estádio para acolher os campeonatos de pista coberta.

O presidente da IAAF, Sebastian Coe, manifestou na ocasião a sua expectativa de que a atribuição a Nanjing da organização da competição possa contribuir para “fortalecer ainda mais a já robusta cultura de atletismo” na China.

Já hoje, a IAAF anunciou hoje a decisão de manter a suspensão da Rússia, que se mantém desde novembro de 2015, devido a ‘doping’ institucional.

A decisão surge a apenas alguns dias de uma reunião decisiva da comissão executiva do Comité Olímpico Internacional (COI), a realizar entre 05 e 07 de dezembro, em Lausana, Suíça, na qual vai ser decidida a participação da Rússia nos Jogos Olímpicos de inverno de 2018, que vão decorrer entre 09 e 25 de fevereiro, em Pyeongchang, Coreia do Sul.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.