“Infelizmente o azar bateu-me à porta. Muito triste por não estar em condições de representar o meu país numa prova importante. Serei mais um a partir deste momento a torcer pela nossa seleção e espero que possamos no final festejar todos juntos. Voltarei mais forte na próxima época”, escreveu, na sua conta da rede social Instagram.

O médio do Inter de Milão tinha falhado a fase inicial dos trabalhos, na Cidade do Futebol, mas estava previsto que integrasse o resto da sessão, sem limitações.

Contudo, o jogador sentiu um desconforto maior e acabou por não participar no treino, tendo sido posteriormente submetido a exames, que detetaram a lesão muscular na perna direita.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.