Ramos, de 27 anos, bateu o egípcio Ihab Abdelrahman, cujo melhor lançamento foi de 78,51 metros, e o francês Felise Vahai-Sosaia, com 72,83 metros.

Foi a sexta medalha para a missão portuguesa só no dia de hoje, a quarta de ouro, depois de João Coelho e Cátia Azevedo, ambos nos 400 metros, e Camila Rebelo, nos 200 costas. Diogo Ribeiro foi prata nos 100 livres e Daniela Campos segunda na corrida de fundo do ciclismo.

Portugal tem agora 18 medalhas na prova, somando os ouros de Leandro Ramos, João Coelho, Cátia Azevedo, Diogo Ribeiro, Camila Rebelo e Rafael Reis, à prata de Ana Catarina Monteiro, Diogo Ribeiro, Daniela Campos, Jieni Shao, Lorène Bazolo, Liliana Cá e da equipa masculina de ténis de mesa, e os bronzes de Evelise Veiga, Filipa Martins, Tiago Pereira, João Geraldo e da equipa feminina do ténis de mesa.

Os Jogos do Mediterrâneo Oran2022 arrancaram em 25 de junho e decorrem até 06 de julho, com mais de três mil atletas de 26 países diferentes, incluindo 159 portugueses em 20 disciplinas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.