A chama deverá iniciar a sua passagem na cidade na sexta-feira e terminar o périplo em 23 de julho, dia da cerimónia de abertura dos Jogos Tóquio2020, adiados no verão passado devido à pandemia de covid-19.

Em comunicado, as autoridades locais indicam que a passagem nas ruas foi “cancelada”, à exceção das zonas isoladas do arquipélago de Ogasawara, 900 quilómetros a sul de Tóquio, e convidam os residentes a assistir, em casa, ao evento.

Desde a chegada a chama ao Japão, em março, várias cerimónias relacionadas com a sua passagem têm sido canceladas, ou alteradas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.