O líder do circuito conquistou 16,90 pontos (9,30 e 7,60), contra os 13,57 (6,67 e 6,90) do vencedor da etapa penicheira em 2012, mantendo a possibilidade de conquistar o seu primeiro título mundial no Meo Rio Curl Pro Portugal.

Antes, o norte-americano Kolohe Andino já tinha assegurado a presença nas ‘meias’, ao bater o brasileiro Adriano de Souza no primeiro ‘heat’, com 17,34 (7,67 e 9,67), impondo-se aos 8,10 (5 e 3,10) do atual campeão do mundo.

Nas meias-finais, John John Florence vai defrontar Andino, atual quinto da hierarquia, enquanto os outros dois semifinalistas da 10.ª e penúltima etapa do circuito mundial vão sair dos embates entre o sul-africano Jordy Smith e o havaiano Sebastian Zietz e entre o brasileiro Miguel Pupo e o norte-americano Conner Coffin.

Com a eliminação precoce do brasileiro Gabriel Medina, campeão do mundo em 2014 e segundo na hierarquia, e do australiano Matt Wilkinson, terceiro do ‘ranking’, John John Florence pode conquistar o seu primeiro título mundial se chegar à final em Peniche, desde que o seu opositor nesse ‘heat’ não seja Jordy Smith.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal prolonga-se até sábado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.