Terminada a hora limite de protestos e após a publicação dos resultados de hoje, Jorge Lima e José Costa ficaram a saber que continuam em prova, na luta pelas medalhas, o que por si só garante a Portugal uma vaga em Tóquio2020 - quase metade dos lugares são atribuídas agora.

Depois de caírem para 18.º na véspera, Lima e Costa superaram-se, em dia com condições extremas de vento e ondas, e subiram ao oitavo lugar, após um oitavo e um quarto nas regatas de hoje.

Na 'Medal Race' de sábado estarão os 10 melhores, pelo que a tripulação portuguesa poderá ainda subir na classificação final.

Os outros portugueses que evoluíram em Aarhus - onde se atribuíram 40% das vagas para os Jogos Olímpicos - tiveram prestações menos boa.

Diogo Costa e Pedro Costa terminaram hoje em 36.º lugar da geral as regatas realizadas em 470 masculino e no 470 feminino Mafalda Pires de Lima e Mariana Lobato ficaram em 42.º.

Em Laser Radial, Carolina João ficou no 72.º posto, enquanto Eduardo Marques encerrou em 68.º no Laser. Mais atrás, Santiago Sampaio fechou em 104.º e Tomás Pires de Lima em 133.º.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.