“Apanhamos o FC Porto no melhor momento desta época e do ano civil de 2016 e isso vai-nos criar ainda mais dificuldades. Este jogo é extremamente importante para o futuro próximo do adversário”, frisou em conferência de imprensa.

Sem vencer nas receções aos ‘dragões’ desde 1982/83, época em que o Vitória de Setúbal triunfou por 3-1, José Couceiro não se atemoriza perante a estatística.

“É um jogo tradicionalmente complicado para o Vitória e um ciclo de muitos anos sem resultados positivos. Cá estaremos para tentar inverter o ciclo. Preparámo-nos durante a semana para podermos causar essa surpresa. Vamos ser uma equipa positiva”, afirmou.

Para exemplificar as qualidades do plantel vitoriano, José Couceiro lembra os bons desempenhos que a sua equipa teve nas deslocações aos redutos do Benfica [1-1] e do Sporting de Braga [derrota por 2-1].

“Este ano fizemos bons jogos fora com o Braga e o Benfica e podemos fazê-lo também agora com o FC Porto. Se não acreditarmos nisso, não adianta começar o jogo. Vai ser complicado, mas não há impossíveis, apesar de termos menos possibilidades do que o adversário”, admitiu.

Sobre as armas que vai usar para travar os portistas, o treinador sublinha a solidez defensiva sem esquecer o ataque à baliza contrária.

“Quando se joga com equipas deste poderio temos de ter a capacidade de defender bem e, se possível, o mais longe da nossa área. É preciso ter a ambição de procurar o golo”, disse.

Apesar de reconhecer as qualidades do avançado André Silva [melhor marcador dos portistas com sete golos], José Couceiro lembra que o perigo para a sua baliza poderá vir de outros jogadores.

“Não fazemos marcações individuais. O André tem estado muito bem, tem enorme potencial, mas o FC Porto é uma equipa, não é o André Silva. Vamos ter de ter cuidado com todos eles, o Layún é o lateral-direito e também marca, bem como os centrais”, referiu.

Na receção ao FC Porto, o Vitória de Setúbal não vai poder contar com os lesionados Gorupec e Frederico Venâncio.

O jogo entre o Vitória de Setúbal, 11.º classificado, com nove pontos, e o FC Porto, segundo, com 19, realiza-se às 18:15 de sábado, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, num jogo que terá a arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.