Num ‘sprint’ restrito, na ponta final da ligação de 187,9 quilómetros entre Sagres e o ponto mais alto do Algarve, Michal Kwiatkowski, vencedor da prova em 2014, impôs-se ao holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) e a Geraint Thomas, todos creditados com o tempo de 4:49.51 horas, tal como o irlandês Daniel Martin (UAE Emirates) e o espanhol Jaime Roson (Movistar), quarto e quinto.

Na geral, Geraint Thomas, vencedor da ‘Algarvia’ em 2015 e 2016, destronou o holandês Dylan Groenewegen e passou a liderar, mas com o mesmo tempo de Roson, Kwiatkowski, Martin e Mollema, que ocupam as posições seguintes, numa corrida que este ano não tem bonificações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.