“M. J. [Michael Jordan] foi uma inspiração, sempre quis ser como ele. Não fazem ideia do que ele representa para mim”, afirmou LeBron, que, com os 31 pontos apontados na derrota dos Los Angeles Lakers frente aos Denver Nuggets, por 115-99, alcançou a marca de 32.293 pontos na NBA, superando Jordan (32.292).

LeBron tem agora à sua frente apenas Kobe Bryant (33.643), Karl Malone (36.928) e Kareem Abdul-Jabbar, o melhor de sempre, com 38.387 pontos concretizados na carreira.

“Já fiz muitas coisas na minha carreira, esta é mais uma”, disse LeBron James, acrescentando: “Eu era um rapaz de Akron, no Ohio, que precisava de uma inspiração, de uma influência positiva. M. J. foi isso para mim”.

Na noite em que ultrapassou Jordan na lista dos melhores marcadores de sempre na NBA, LeBron James homenageou o lendário jogador dos Chicago Bulls, escrevendo nas suas sapatilhas: “Obrigada M. J., 23”, em referência também ao número envergado pelo antigo jogador.

Desde a estreia na NBA, em 2003, LeBron marcou uma média de 27,1 pontos por jogo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.