A 54 segundos do fim do terceiro assalto, e depois de derrubar, com o pé, o seu adversário, o italiano Alessandro Moretti, Pedro Kol ficou a olhar para o pé esquerdo e o combate foi interrompido, não voltando a reatar-se após minutos de dúvidas.

Os juízes decidiram não reatar o combate que assim foi favorável a Moretti, para infortúnio do lutador português, de 34 anos, que voltou aos ringues por desafio do campeão transalpino.

Há dois anos, Pedro Kol tinha conquistado o único título que lhe faltava, o de campeão mundial, e abandonou os ringues, para se dedicar a tempo inteiro à Academia Kolmachine.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.