Frente ao penúltimo classificado da prova, os ‘citizens’ alcançaram a 13.ª vitória seguida na ‘Premier League’ e a 20.ª em todas as competições, o melhor registo de sempre da história do clube.

O West Ham, que ainda não venceu na competição sob o comando do escocês David Moyes, chegou à vantagem pelo italiano Ogbonna, aos 44 minutos, mas a equipa da casa deu a volta na segunda parte.

O argentino Otamendi, ex-jogador do FC Porto, empatou a partida aos 57 minutos e o espanhol David Silva, aos 83, consumou a ‘cambalhota’ no marcador.

Do lado do Manchester City, Bernardo Silva foi lançado na partida apenas nos descontos, aos 90+3 minutos, enquanto José Fonte continua ausente no West Ham, devido a lesão.

Este triunfo, no jogo que encerrou a ronda, mantém o City com uma confortável vantagem de oito pontos na liderança da ‘Premier League’ sobre o Manchester United, de José Mourinho, em véspera do dérbi de Manchester, em Old Trafford, no próximo domingo.

No primeiro jogo do dia, Bournemouth e Southampton, sem Cédric Soares, lesionado, empataram a uma bola, num duelo entre equipas que seguem a meio da tabela.

O Manchester United reforçou sábado o segundo lugar, ao vencer fora o Arsenal por 3-1, com um ‘bis’ de Lingard e uma série de defesas ‘impossíveis’ de De Gea.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.