Os campeões nacionais em título repetiram os feitos de 2003/04, face aos ingleses do Manchester United, rumo ao seu segundo título europeu, 2008/09, com os espanhóis do Atlético de Madrid, e 2014/15, frente aos suíços do Basileia.

A lista de eliminações continua, ainda assim, bem mais extensa, face às ‘quedas’ perante Inter de Milão (2004/05), Chelsea (2006/07), Schalke 04 (2007/08), Arsenal (2009/10), Málaga (2012/13), Juventus (2016/17) e Liverpool (2017/18).

No total, nos ‘oitavos’, o FC Porto contabiliza seis vitórias, sete empates e nove derrotas, em 22 jogos, com 19 golos marcados e 31 sofridos.

A estreia dos ‘dragões’ nos ‘oitavos’ foi memorável, já que os então comandados de José Mourinho afastaram o ‘todo poderoso’ Manchester United, de Cristiano Ronaldo, com um 1-1 em Inglaterra, após um triunfo caseiro por 2-1.

Em Old Trafrord, um golo de Costinha, aos 90 minutos, qualificou os portistas, após um jogo em que Paul Scholes adiantou os ‘red devils’, aos 31, e ainda ‘bisou’, num golo mal invalidado pelo árbitro.

Nas três presenças seguintes, tudo foi bem diferente, com o FC Porto a cair perante o Inter, do ‘imperador’ Adriano, em 2004/05, o Chelsea, no reencontro com Mourinho, em 2006/07, e o Schalke 04, de Manuel Neuer, em 2007/08.

O segundo apuramento aconteceu em 2008/09, com os ‘dragões’ a ultrapassarem o Atlético de Madrid, ainda antes da chegada do treinador argentino Diego Simeone, graças aos golos fora: 2-2 no Calderón e um suficiente 0-0 no Dragão.

Na época seguinte, face ao Arsenal, o recordista de eliminações nos ‘oitavos’ (nove), o FC Porto ainda ganhou em casa (2-1), mas foi goleado em Londres (0-5), para, em 2012/13, cair face ao ‘modesto’ Málaga (1-0 em casa e 0-2 fora).

O anterior apuramento, e único conseguido com facilidade, aconteceu há quatro anos, em 2014/15, quando os comandados do espanhol Julen Lopetegui superaram o Basileia, com um empate 1-1 fora e uma goleada caseira por 4-0.

Nas duas últimas temporadas, as coisas voltaram a não correr bem para o FC Porto, que, em quatro jogos, com Juventus e Liverpool, não conseguiu sequer marcar um golo, caindo por 0-3 e 0-5, respetivamente.

Em relação aos restantes embates a eliminar, o FC Porto só conseguiu seguir em frente na época 2003/2004, quando teve pela frente o Lyon, nos quartos de final, e o Deportivo, nas ‘meias’. Na final, bateria o Mónaco por 3-0.

De resto, os ‘dragões’ foram afastados pelo FC Barcelona (meias-finais de 1993/94, num só jogo, em Espanha), Manchester United (‘quartos’ de 1996/97 e de 2008/09) e Bayern Munique (‘quartos’ de 1999/00 e de 2014/15).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.