O treinador alemão Jürgen Klopp dedicou hoje aos adeptos do Liverpool o título de campeão inglês de futebol, que fugia há 30 anos, desde 1989/90, confirmado face à derrota do Manchester City em casa do Chelsea.

"Esta noite é para vocês [adeptos]. É incrível ser campeão com este clube. Este é um momento tão importante, que estou completamente impressionado", disse Klopp à cadeia televisiva Sky Sports, pedindo aos fãs dos ‘reds’ que "fiquem em casa ou apenas à porta, mas nada mais do que isso".

Quem não achou graça aos festejos foi a polícia, que recordou que a região foi “afetada de forma desproporcional” pela pandemia, lembrando que as pessoas têm a responsabilidade de prevenir mais casos de covid-19. O comandante assistente da polícia de Merseyside, Rob Carden, elogiou os fãs que celebraram em casa e criticou aqueles que não aderiram às regras do mundo covid.

“Infelizmente, como vimos durante o período de confinamento, nem toda a gente aderiu às regras impostas”, afirmou, citado pelo ‘Guardian’. “Apesar de a grande maioria das celebrações ter estado bem, um grande número de pessoas escolheu agrupar-se fora do estádio.”

Klopp, de 53 anos, que na temporada 2018/19 levou o Liverpool à conquista da Liga dos Campeões, conseguiu este ano guiar o clube ao 19.º cetro nacional e terminar com o longo jejum, ficando agora a um do recordista Manchester United, sem vencer desde 2012/13.

O tempo da paragem das competições, face à pandemia de covid-19, mereceu um comentário do técnico, que se mostrou “aliviado” pelo regresso do futebol.

"É um grande alívio, porque durante os três meses de paragem, ninguém sabia se iríamos retomar e não sabíamos a 100% em que estado voltaríamos", observou.

Na quarta-feira, o Liverpool goleou por 4-0 o Crystal Palace e a derrota (2-1) de hoje do segundo classificado Manchester City, em Stamford Bridge, confirmou o título dos ‘reds’, que, até ao momento, ainda só perderam por uma vez na 'Premier League'.

Também o proprietário do clube, John William Henry, enalteceu o feito alcançando: "Foi um ano incrível de sucesso excecional, que atingiu o seu auge esta noite com a conquista do título da 'Premier League'".

O empresário norte-americano, que comprou o Liverpool em 2010, também dirigiu uma palavra aos adeptos do clube, considerando que “a totalidade da conquista trouxe alívio e alegria para várias pessoas num ano tão trágico", devido à pandemia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.