"Houve tremendas faltas de atenção, falta de tudo. Depois da derrota na Liga Europa, falámos muito durante a semana, mas enquanto não passarmos aos atos, a correr mais, a meter mais o pé, a respeitar as equipas que também têm qualidade, a não querer ir só para a frente e descer mais para defender, enquanto isso não acontecer, podemos fazer as mudanças que quisermos, mas há coisas que não se podem negociar", lançou o internacional português na 'flash interview' à Sport TV, no final da partida.

Segundo Luís Neto, "neste momento está a faltar coração" aos jogadores 'verde e brancos', com o central a considerar que tem havido muitas "contrariedades" numa época que "vai longa".

E acrescentou: "Houve muitas coisas que correram mal, não há que fugir delas, e, neste momento, qualquer coisa nos penaliza, não estamos a conseguir ser unidos como equipa e sofrer como equipa."

O futebolista realçou ainda que "o futebol não é só bonito" quando a equipa tem a bola, uma vez que "o futebol também é muito sacrifício, é correr muito".

Luís Neto terminou admitindo que "as coisas não estão a funcionar" e que é preciso "fazer muito mais", aproveitando para deixar um pedido de desculpas aos adeptos do Sporting pela má época.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.