Numa noite em que a seleção portuguesa foi, mais uma vez, premiada de forma abrangente, também o selecionador Mário Narciso repetiu o prémio para o melhor treinador em 2016.

O prémio para o melhor guarda-redes veio também para Portugal, distinguindo Elinton Andrade, único dos candidatos nacionais que há um ano não saiu do Dubai com um prémio individual, mas que ao repetir o protagonismo em 2016 acabou premiado.

Tanto Madjer como Andrade figuram também na equipa do ano: Elinton Andrade (Portugal), Ozu (Japão), Madjer (Portugal), Bruno Xavier (Brasil) e Dejan Stankovic (Suíça).

Léo Martins e Belchior eram candidatos ao melhor golo do ano, mas o prémio acabou entregue a Nick Pereira, dos Estados Unidos da América.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.