“O Club Sport Marítimo da Madeira Futebol SAD informa que foi formalizada a cessação de contrato, de mútuo acordo, com o técnico Daniel Ramos, compromisso que terminava no final da próxima temporada, 2018/2019”, publicou a equipa insular no seu sítio oficial na Internet.

No comunicado, fica ainda o desejo das "maiores felicidades" ao ex-técnico "no prosseguimento da sua carreira", que deve passar pelo Desportivo de Chaves, para substituir Luís Castro.

Daniel Ramos chegou ao Marítimo em setembro de 2016, proveniente do Santa Clara, o que marcou a sua estreia no principal escalão do futebol português, para substituir o brasileiro Paulo César Gusmão, numa altura em que os insulares estavam em zona de despromoção.

Nessa época, acabou por levar a equipa ‘verde rubra' ao sexto lugar, coroado com a nona qualificação da história do Marítimo para as competições europeias. Na última temporada, esteve novamente na luta por um lugar europeu, mas acabou por ficar na sétima posição.

O técnico, natural de Vila do Conde, acabou por deixar a sua marca no Marítimo, ao fazer vários recordes, com destaque para as 23 partidas consecutivas a pontuar em casa na I Liga, série que começou com a chegada de Daniel Ramos e que terminou a 03 de janeiro de 2018.

Nota ainda para a maior série invencível dos insulares no campeonato, com 10 jogos seguidos sem perder, número conseguido entre dezembro de 2016 e março de 2017 e o melhor arranque de sempre do Marítimo na I Liga, feito na última época.

Já na terça-feira, o presidente Carlos Pereira havia admitido que Daniel Ramos tinha "pouca ou nenhuma vontade" em continuar no comando técnico da equipa insular e que já teria em mente o nome do substituto.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.