"Têm sido dias difíceis", admitiu o coreano Son Heung-min no final da partida de ontem que opôs o Tottenham ao Estrela Vermelha a contar para a Liga dos Campeões e que os londrinos venceram por 4-0. Son foi o autor de dois golos e na "comemoração" de um deles fez tudo menos comemorar. Ora veja:

Unindo as palmas das mãos e baixando a cabeça, o jogador sul-coreano pareceu estar ainda a pedir desculpa na sequência do lance que acabou por resultar na lesão de André Gomes, cujas imagens correram mundo. Son, que esteve envolvido na jogada e foi expulso na sequência da mesma, até já foi despenalizado pela Football Association, uma vez que as imagens televisivas sugerem que a lesão do português ocorreu depois da entrada de Son e antes do choque com Aurier, lateral do Tottenham que também esteve envolvido na jogada.

"Eu não queria celebrar porque só quero respeitar a situação difícil", disse ainda Son no final da partida, acrescentado que se apercebeu de quão "sortudo" é, devido ao apoio que tem recebido na sequência do lance que originou a referida lesão.

Refira-se que o português já foi operado (numa cirurgia que correu bem e onde é esperada a "recuperação total" do atleta) e que até já deixou uma mensagem no Twitter, agradecendo o "apoio incondicional" que recebeu ao longo dos últimos dias.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.