“Chegamos à Áustria em muito boa forma e sentimo-nos capazes de lutar pelo pódio, novamente. O objetivo é começar o fim de semana de forma forte e terminá-lo ainda melhor. Estamos à procura da vitória, mas o trabalho tem sido muito consistente em todas as corridas e estou muito feliz com os resultados que tenho alcançado”, observou.

Oliveira já subiu cinco vezes ao pódio durante este ano, em 10 corridas, mas nunca ao lugar mais alto, tendo como melhores resultados os segundos lugares alcançados na Argentina – onde conquistou a única ‘pole position’ - e na Alemanha.

“Sabemos que é um GP especial para (...) a KTM, mas apesar disso vamos tentar vivê-lo como um fim de semana normal, pois se não for aqui que ganhamos, teremos outras oportunidades para o fazer”, disse o piloto, que acabou de prolongar o contrato com a equipa oficial da marca austríaca, até 2018.

Oliveira, vice-campeão mundial de Moto3 em 2015, ocupa o quarto lugar do Mundial de pilotos da categoria intermédia, em igualdade pontual com o espanhol Alex Marquez, ambos a 49 pontos do líder, o italiano Franco Morbidelli.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.