No circuito de Mugello, Oliveira, segundo classificado do Mundial de Moto2, não foi além da 11.ª marca qualificativa, rodando em 1.52,145 minutos, a 0,570 segundos do italinao Mattia Pasini.

Na primeira linha da grelha, Pasini vai ter a companhia do alemão Marcel Schrotter (Kalex), que gastou mais 0,030 segundos do que o italiano, e do espanhol Alex Marquez (Kalex), que ficou a 0,067.

O líder do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex), vai partir para a prova de domingo na quarta posição, depois de ter gastado mais 0,346 segundos do que o seu compatriota.

Em MotoGP, categoria rainha, o italiano Valentino Rossi (Yamaha) voltou a conseguir uma 'pole position', algo que já não alcançava desde o Grande Prémio do Japão de 2016.

'Il Dottore' bateu o recorde da pista, ao rodar em 1.46,208 minutos, menos 0,035 segundos do que o espanhol Jorge Lorenzo (Ducati) e 0.096 do que o também espanhol Maverick Viñales (Yamaha).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.