“Estou muito feliz com este momento, de jogar no melhor clube do mundo”, disse o central, de 21 anos, que representou na última época o FC Porto e saiu para os ‘merengues’ por 50 milhões de euros.

Militão realizou hoje os testes médicos no hospital universitário La Moraleja, em Madrid, pouco antes de ser apresentado numa cerimónia com o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, na tribuna de honra do Estádio Santiago Bernabéu.

O defesa estava há muito anunciado como reforço para o treinador francês Zinedine Zidane, mas, após o final da época, integrou o estágio do Brasil, que no sábado conquistou a Copa América, ao vencer na final o Peru por 3-1, com o central a entrar em campo aos 77 minutos.

Hoje, Militão disse que jogar no Real Madrid “é um sonho de criança” e prometeu trabalhar no máximo das suas capacidades no clube da capital espanhola.

“Podem ter a certeza que vou dar tudo com esta camisola, que está no meu coração. Foi o coração que me ajudou a chegar aqui, vou deixar tudo em campo e espero ter uma grande época e fazer história”, acrescentou.

O jogador assinou um contrato com o Real Madrid válido por cinco épocas, até junho de 2025.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.