O caso remonta a 2015, quando o avançado internacional francês foi acusado de chantagem ao seu ex-companheiro de seleção Valbuena, atualmente ao serviço dos gregos do Olympiacos, com um vídeo de cariz sexual.

Desde então, o avançado do Real Madrid foi vetado na seleção de França, efetuando o último jogo em 08 de outubro 2015 e falhando o Euro2016 e o Mundial2018.

Na ocasião, o avançado 'merengue' terá admitido ter falado com Valbuena, mas a pedido de um amigo de infância, que foi abordado por três chantagistas que estavam na posse de um vídeo de sexo e que pretendiam 150.000 euros.

Em dezembro do ano passado, o Supremo Tribunal Francês recusou o recurso apresentado por Benzema, uma vez que os magistrados consideraram que a investigação não tinha ultrapassado os limites legais para obtenção de prova, como defendia o jogador.

Esta decisão do Supremo validou as provas da acusação, mesmo perante os argumentos da defesa de Benzema, que as considerava viciadas, devido à ação de um polícia infiltrado, que se fez passar por emissário de Valbuena, com o objetivo de identificar quem estava por detrás da chantagem.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.