O MP recebeu duas denúncias (em dezembro de 2020 e janeiro de 2021) e estará a investigar suspeitas de corrupção num caso de doping que envolve Pedro Gonçalves, atleta do Sporting CP. A notícia é avançada pelo semanário NOVO, que teve acesso aos documentos. 

Segundo o jornal, existem suspeitas de que existiu um alegado esquema para que o avançado não fosse suspenso preventivamente após ter testado positivo num controlo anti-doping quando ainda era jogador do Famalicão, o seu ex-clube, a 5 de julho de 2020, finda a partida com o Tondela. 

O semanário enfatiza que o plano levou o seu curso para que uma transferência para um clube de outra expressão não fosse gorada. Pedro Gonçalves assinaria pelo Sporting CP em agosto de 2020, custando 6,5 milhões de euros, ficando o clube de Famalicão com 50% do montante de uma futura venda. 

O jornal detalha ainda o conteúdo das denúncias enviadas à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao superjuiz Carlos Alexandre, escrevendo que o empresário do melhor marcador do campeonato do ano transato ofereceu 80 mil euros para arrastar o processo — que seria arquivado em novembro de 2020 pelo Colégio Disciplinar Antidopagem (CDA) da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.