Segundo um comunicado da Dorna Sports, as duas partes selaram o acordo de colaboração por mais cinco anos, pelo que Motegi ‘servirá’ o Mundial até 2023.

No primeiro ano do novo contrato, em 2019, Motegi celebrará o 20.º aniversário da primeira vez que acolheu uma prova do Mundial de motociclismo.

“É uma honra para nós, como organizadores, celebrar esta renovação, que abrange uma data tão especial, como o 20.º aniversário. Ser sede do Grande Prémio do Japão é muito importante para os adeptos e para as marcas patrocinadoras”, indicou, em comunicado, Susumu Yamashita, presidente da entidade organizadora da prova.

Por seu turno, o espanhol Carmelo Ezpeleta, responsável da Dorna Sports, também se mostrou satisfeito por este novo acordo.

“O Twin Ring Motegi é a casa da Honda e o Grande Prémio do Japão é a casa de outras grandes marcas, como a Yamaha ou a Suzuki, onde correm os principais pilotos”, destacou Ezpeleta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.