Depois da medalha de bronze em K1 1000, Pimenta, que defendia também o título mundial nos 5.000 metros, cortou a meta no terceiro lugar com o tempo de 20.19,94 minutos, atrás do bielorrusso Aleh Yurenia, que conquistou a medalha de ouro com o tempo de 19.54,07, logo à frente do alemão Max Hoff, medalha de prata, que gastou mais 3,48 segundos.

Nos campeonatos que agora terminaram, Portugal assegurou as vagas para Tóquio2020 do K1 1000 através de Fernando Pimenta e do K4 500 por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela.

Teresa Portela deverá ter também conquistado uma sexta vaga, segundo as regras de atribuição, no K1 200, resultado que deverá ser homologado durante a próxima semana.
Os mundiais reuniram um recorde de 102 países e cerca de 1.300 canoístas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.