“Não apaguem a luz” é o título do comunicado, dirigido aos “sócios, adeptos e simpatizantes”, com o clube a lembrar que esta época já pagou mais de 90 mil euros, “a exemplo do que tem acontecido com a generalidade dos clubes em competição”.

Além das multas, há “riscos associados a outras graves sanções disciplinares que estão regularmente previstas e que podem passar pela realização de jogos à porta fechada”.

“A segurança é também um bem de todos, e os recentes e graves acontecimentos noutros estádios — seguramente com consequências disciplinares verdadeiramente punitivas e preventivas — levam-nos a reforçar este apelo”, reforça o clube, três dias antes da receção ao Nacional, para a Liga portuguesa.

Na terça-feira, foram levantados processsos disciplinares ao Sporting de Braga, devido aos petardos lançados na final da Taça da Liga contra o Moreirense, e ao FC Porto, pelos petardos lançados no jogo do campeonato que disputou em casa do Estoril-Praia, para o campeonato.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.