Ainda a recuperar da troca entre Mavericks e Knicks e que leva Kristaps Porzingis a juntar-se a Luka Doncic no Texas, a NBA espera uma eventual troca que envolva Anthony Davis, o melhor «big men» da liga na opinião de muitos analistas. Mas há vários outros nomes que podem mudar de equipamento nos próximos seis dias. Eis alguns dos atletas mais falados nos bastidores da NBA:

Mike Conley (Memphis Grizzlies)

• médias: 20.2 pontos, 3.4 ressaltos, 6.3 assistências
• contrato: termina no final de 2020/21 (85.5 milhões de dólares garantidos), mas existe «early termination option» após a época 2019/20

O base tem um contrato elevado, mas pode ser a peça que falta para tornar uma boa equipa num candidato a qualquer coisa. Os rumores apontam os Indiana Pacers e, sobretudo, os Utah Jazz como potenciais interessados em Conley, com estes últimos a admitir a hipótese de envolver Ricky Rubio e Dante Exum numa eventual troca. Para a formação de Salt Lake City isso seria um «upgrade» na posição de base e colocá-la-ia, pelo menos no papel, como candidatos a chegar bem longe nos playoffs.

Marc Gasol (Memphis Grizzlies)

• médias: 15.7 pontos, 8.6 ressaltos, 4.7 assistências
• contrato: termina no final desta época, mas Gasol tem «player option» por mais um ano (25.6 milhões de dólares) que deve ativar

Tal como o colega Mike Conley, também o poste espanhol foi colocado no mercado pelos responsáveis dos Grizzlies. Portland Trailblazers, Charlotte Hornets e Detroit Pistons são algumas das equipas interessadas em Gasol, que tem mostrado, sobretudo no último mês, que pode voltar a ter um rendimento elevado. Excelente passador e cada vez melhor no lançamento exterior, para além de trabalhar bem de costas para o cesto, o poste pode encaixar facilmente em qualquer sistema de qualquer equipa da liga.

Andre Drummond (Detroit Pistons)

• médias: 16.7 pontos, 14.9 ressaltos, 1.6 roubos de bola, 1.6 desarmes de lançamento
• contrato: termina no final da próxima época (2019/20), mas Drummond tem «player option» por mais um ano (29 milhões de dólares) que deve ativar

Ao contrário de Marc Gasol, Drummond é mais unidimensional. Daí os Pistons estarem dispostos a abdicar do líder da NBA em ressaltos, com quase 15 de média por partida. Uma troca directa com Gasol é um dos cenários possíveis, mas o melhor encaixe para o atleta e para os Pistons talvez seja de uma equipa como Charlotte, que juntaria um bom poste ao base Kemba Walker, enquanto o conjunto de Detroit poderia receber aquilo que lhe falta e que os Hornets têm em excesso: extremos, em especial bons lançadores.

Otto Porter Jr. (Washington Wizards)

• médias: 12.5 pontos, 5.5 ressaltos, 1.9 assistências, 1.5 roubos de bola, 37.5 3PT%
• contrato: termina no final da próxima época (2019/20), mas Porter tem «player option» por mais um ano (28 milhões e meio de dólares) que deve activar

Com John Wall de fora por lesão até ao fim da temporada e Bradley Beal como a principal (e única?) referência da equipa da capital norte-americana, a ideia de trocar Otto Porter e o seu contrato desajustado pode ser uma hipótese no sentido de construir algo de diferente no futuro mais próximo. Os Sacramento Kings são uma equipa que poderá estar na corrida pelo extremo, que adicionaria veterania a um plantel muito jovem, mas serviria também para libertar contratos que os Kings querem trocar (Iman Shumpert, Zach Randolph e/ou Kosta Koufos).

Kevin Love (Cleveland Cavaliers)

• médias: 19.0 pontos, 13.5 ressaltos, 3.5 assistências (apenas 4 jogos realizados esta temporada)
• contrato: termina no final de 2022/23 (144 milhões de dólares garantidos)

Apostados em reconstruir a equipa após a saída de LeBron James para os Los Angeles Lakers, os Cavaliers podem dar um passo de gigante nessa reconstrução se conseguirem convencer alguma equipa a aceitar um Love que leva na bagagem um novo contrato de 120 milhões de dólares a iniciar-se na próxima época. Equipas a uma estrela de distância de serem relevantes, como os Charlotte Hornets, podem sentir-se tentadas em apostar as fichas (e maus contratos) numa troca por Kevin Love.

Nikola Vucevic (Orlando Magic)

• médias: 20.6 pontos, 12.0 ressaltos, 3.8 assistências
• contrato: termina no final desta época (13 milhões de dólares) e será «free agent»

Recentemente escolhido para o lote de suplentes do All-Star Game, em Charlotte, Nikola Vucevic termina contrato já em junho e há-de querer receber o camião de dinheiro a que tem direito. É, por isso, um jogador a dispensar por uns Magic em renovação, mas com qualidade inegável para reforçar (e de que maneira!) qualquer equipa que pretenda um poste que produz bons números, embora com algumas lacunas no meio-campo defensivo.

Kent Bazemore (Atlanta Hawks)

• médias: 13.9 pontos, 3.9 ressaltos, 2.6 assistências, 1.7 roubos de bola
• contrato: termina no final da próxima época (2019/20), mas Bazemore tem «player option» por mais um ano (19 milhões de dólares) que deve ativar

Bazemore preenche os requisitos do extremo da moda na NBA: bom defensor e bom lançador de três pontos. Haverá, por isso, toneladas de equipas interessadas em adicionar os seus serviços e onde encaixaria na perfeição, com os Houston Rockets, os Philadelphia 76ers e os Los Angeles Lakers a surgirem ligados ao "atirador" dos Hawks. Charlotte Hornets, Detroit Pistons e Portland Trailblazers também seriam bons cenários para o extremo.

Montrezl Harrell (Los Angeles Clippers)

• médias: 15.8 pontos, 6.7 ressaltos, 1.7 assistências
• contrato: termina no final da próxima época (2019/20), com um vencimento de 6 milhões de dólares por temporada

Se Bazemore até poderia entrar diretamente para o cinco inicial dos 76ers, Harrell seria uma excelente adição para o banco de suplentes. Esse é, pelo menos, o rumor que circula nos bastidores da liga. A formação de Philadelphia precisa de reforçar a profundidade do plantel à disposição de Brett Brown e o poste, candidato ao prémio de Melhor Sexto Homem desta temporada, seria o ideal para dar minutos de descanso a Joel Embiid. Mas os 76ers não são os únicos na corrida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.