No jogo sete da final da Conferência Oeste, os Warriors foram vencer a casa dos Houston Rockets, por 101-92, num encontro em que entraram mal, mas fizeram uma excelente segunda parte para chegarem pelo quarto ano consecutivo à final da NBA.

Os Rockets, que tiveram o melhor registo da fase regular e procuravam chegar à final da NBA 23 anos depois, chegaram ao intervalo a vencer por 11 pontos, mas viram os Warriors tornarem-se a primeira equipa a vencer dois encontros consecutivos nos ‘play-offs’ depois de estarem a perder por 10 ou mais pontos no descanso.

Contudo, na segunda parte, os californianos viram as suas grandes estrelas – Klay Thompson, Kevin Durant e Stephen Curry – marcarem em conjunto 47 pontos, tendo os Rockets falhado 27 triplos consecutivos, um recorde negativo da NBA.

“Eles jogaram uma grande série, fizeram-nos trabalhar por tudo. Estou orgulhoso da forma como batalhámos. Passámos por muito com esta equipa e, podem acreditar ou não, nem tudo é sucesso nos Warriors”, disse Klay Thompson, que terminou o encontro com 19 pontos.

Kevin Durant marcou 34 pontos e Stephen Curry ficou perto de um ‘triplo-duplo’, com 27 pontos, 10 assistências e nove ressaltos.

Nos Rockets, que voltaram a não poder contar com o base Chris Paul, James Harden foi o melhor marcador, com 32 pontos.

Os Warriors, que venceram dois dos últimos três campeonatos, recebem na quinta-feira os Cleveland Cavaliers no primeiro jogo da final.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.