Além da verba, os catalães recebem também uma percentagem, não quantificada, de uma futura venda do jogador, que atuou cedido nos franceses na segunda metade de 2020/21, atuando em 15 partidas.

Antes, o ‘Barça’ já o tinha emprestado ao Benfica, numa passagem que não correu bem, depois de chegar aos ‘culés’ em 2019, proveniente do Toulouse, jogando apenas cinco partidas em Espanha.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.