“Sendo, talvez, o mais espetacular jogador do circuito, é cada vez mais difícil para qualquer organização assegurar a participação de Nick Kyrgios. Nós conseguimo-lo porque existe já uma relação de amizade com ele e com o seu agente”, explicou o diretor do torneio, João Zilhão.

O jovem de 22 anos foi finalista em 2015, chegou às meias-finais em 2016 e esteve também previsto para a edição de 2017, mas teve de desistir à última hora devido à morte do seu avô.

“Estou entusiasmado por regressar, depois de, no ano passado, um motivo de força maior me ter impedido de jogar. O ambiente do torneio, o carinho dos adeptos e a beleza da área de Cascais são ideais para começar a minha temporada em terra batida”, disse Kyrgios.

O australiano afirmou ainda que o torneio lhe traz “recordações verdadeiramente especiais”, já que foi no Estoril Open que jogou a sua “primeira final no circuito ATP”, em 2015, batido pelo francês Richard Gasquet (6-3 e 6-2).

Em 2018, Nyck Kyrgios já venceu um torneio do circuito, o quarto da sua carreira, ao superar o norte-americano Ryan Harrison na final do ATP 250 de Brisbane, na Austrália.

A edição 2018 do Estoril Open, único torneio português do ATP World Tour, realiza-se de 28 de abril a 06 de maio, no Clube de Ténis do Estoril.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.