A 29.ª jornada do campeonato voltou a baralhar as contas do título da Liga NOS. Com o empate do FC Porto em Moreira de Cónegos, o Sporting CP, que venceu o Sporting de Braga no domingo (0-1), ampliou a vantagem sobre o segundo classificado. O SL Benfica, um outsider nesta corrida, mantém-se a 10 pontos do topo do campeonato e está a duas vitórias dos leões de ficar matematicamente afastado do troféu.

Num raio-X, equipa a equipa, analisemos a matemática possível das últimas cinco jornadas que faltam disputar a estes três clubes.

Sporting CP

Depois de uma vitória suada em Braga, os pupilos de Rúben Amorim viram o FC Porto esbarrar em casa do Moreirense (1-1) e recuperaram pontos na vantagem sobre o segundo classificado. Antes do arranque da 29.ª jornada, os Leões tinham mais quatro pontos que os Dragões e no final da noite de segunda-feira viram essa vantagem ser aumentada para seis pontos.

Com 15 pontos ainda em disputa até ao final da liga, o Sporting CP vê-se obrigado a amealhar 10 pontos para garantir o título de campeão nacional. Isto porque em caso de igualdade pontual com o Porto, a equipa de Sérgio Conceição tem vantagem no confronto direto, uma vez que dentro dos dois empates registados nesta edição do campeonato, os azuis e brancos fizeram dois golos em Alvalade (2-2) e os Leões foram incapazes de marcar no Dragão (0-0).

No calendário, o Sporting tem agora para disputar jogos contra o Nacional (casa), Rio Ave (fora), Boavista (casa), SL Benfica (fora) e Marítimo (casa).

Num cenário em que nem FC Porto, nem Sporting percam pontos nos próximos três jogos, o dérbi lisboeta será determinante para a decisão no título, com os verdes e brancos a precisarem apenas de garantir que não saem derrotados do mesmo.

No entanto, e evitando roteiros cinematográficos de fim de campeonato, para ser campeão, o Sporting tem de fazer 10 pontos em 15. É tão simples quanto isto. Ainda assim, esta matemática dá azo para amarguras como, por exemplo, os Leões vencerem dois jogos e empatarem outros três, podendo assim terminar o campeonato invictos e mesmo assim não ser campeões.

Numa nota relevante, é preciso salientar que os cinco jogos que faltam disputar ao Sporting, na primeira ronda do campeonato corresponderam a quatro vitórias e um empate. Ou seja, 13 pontos. Repetir este feito chega e sobra aos Leões para quebrar o jejum que se arrasta de títulos na I Liga desde 2001/2002, ano em que Mário Jardel foi força maior ao marcar 42 golos.

FC Porto

Ao contrário do Sporting CP, os Dragões não dependem só de si e têm não só de não perder pontos, como de esperar que os Leões escorreguem e percam, pelo menos, seis até ao final do campeonato.

Tabela classificativa Liga NOS | 29ª jornada

1.º Sporting CP - 73 pontos
2.º FC Porto - 67 pontos
3.º SL Benfica - 63 pontos
4.º SC Braga - 58 pontos
5.º P. Ferreira - 45 pontos
5.º Vitória SC - 38 pontos
7.º Moreirense - 36 pontos
8.º Santa Clara - 36 pontos
9.º CD Tondela - 35 pontos
10.º B SAD - 34 pontos
11.º Portimonense - 32 pontos*
12.º Famalicão - 31 pontos
13.º Gil Vicente - 31 pontos
14.º Marítimo - 30 pontos
15.º Rio Ave - 30 pontos
16.º Boavista - 28 pontos
17.º Farense - 25 pontos*
18.º Nacional - 24 pontos


*equipas com um jogo por disputar

Nos próximos cinco encontros, os azuis e brancos vão defrontar o Famalicão (casa), o SL Benfica (fora), o Farense (casa), o Rio Ave (fora) e o B-SAD (casa).

Repetindo o exercício que fizemos para o Sporting, o FC Porto, no mesmo conjunto de jogos, na primeira volta, registaram três vitórias e dois empates contra estas mesmas equipas com quem vai disputar a reta final do campeonato. Contas feitas, perderam quatro pontos. Dada a diferença pontual para o atual líder da liga, repetir aquele conjunto de resultados é algo que o Porto não se pode dar ao luxo de fazer.

SL Benfica

É o outsider na corrida ao título, mas ao mesmo tempo a equipa que pode agitar esta reta final de temporada, uma vez que ainda vai jogar com o primeiro e segundo classificado, sendo o jogo com o FC Porto da máxima importância porque, em caso de vitória, a luta pelo segundo lugar, que dá acesso direto à Liga dos Campeões, fica totalmente em aberto até ao fim.

Aliás, essa é mesmo a luta a que as Águias se deverão dedicar, uma vez que estão a 10 pontos do líder do campeonato e, caso o Sporting CP vença os dois próximos jogos ficam já matematicamente arrecadadas da possibilidade de erguer o troféu do título. Seria preciso que os Leões, equipa que neste campeonato soma 22 vitórias e sete empates, perdesse, pelo menos três jogos para que os encarnados tivessem sequer hipótese de lutar pelo título. Mas isto terá lugar apenas num cenário quase apocalíptico para os seus adeptos, uma vez que o FC Porto também teria de perder pontos, uma vez que têm atualmente mais quatro do que o Benfica.

Os próximos cinco jogos dos encarnados são diante do CD Tondela (fora), FC Porto (casa), Nacional (fora), Sporting CP (casa) e Vitória SC (fora). Na primeira volta, este mesmo conjunto de jogos corresponderam a uma vitória, três empates e uma derrota. Ou seja, seis pontos. Um valor curto para entrar na luta pelo título e que até pode vir a ser curto na manutenção do terceiro lugar, com o Sporting de Braga a apenas cinco pontos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.