Sexta das celebridades e das jovens promessas

O primeiro jogo foi o já clássico jogo das celebridades. Várias personalidades são convidadas a mostrar o que valem num campo da NBA e, por vezes, surpresas acontecem. O MVP do jogo foi Famous Los (comediante) com 22 pontos para a equipa vencedora. Quavo (rapper repetente neste jogo) fez 27 pontos, mas não conseguiu levar a sua equipa à vitória.

Para além dos dois melhores em campo, o jogo contou ainda com celebridades como Ray Allen (ex-jogador da NBA) e Dr. Oz. O jogo foi divertido e relaxado, como costuma ser a abertura deste fim de semana.

Ainda na sexta-feira, chegou a hora dos jovens da NBA mostrarem serviço. A equipa dos USA foi liderada por Jason Tatum (Boston Celtics) e Kyle Kuzma (LA Lakers) e a equipa do “resto do Mundo” liderada por Luka Doncic (Dallas Mavericks) e Bem Simmons (Philadelphia 76ers). O jogo foi animado e cheio de jogadas espetaculares.

No fim de tudo, venceram os USA com Kuzma a levar o prémio de MVP. Outro dos destaques do jogo foi a presença de dois treinadores adjuntos de luxo: Dirk Nowitzki, pelo Mundo, e Kyrie Irving, pelos USA. Duas estrelas da NBA a darem o seu contributo às futuras (algumas delas já presentes) estrelas da Liga.

Outro destaque vai para De’Aaron Fox que apontou 16 assistências! O base dos Sacramentos Kings mostrou toda a sua qualidade como passador pela equipa dos USA. Os Kings foram a equipa mais representada com 3 jogadores. Para além de Fox, jogaram Marvin Bagley III e Bogdan Bogdanović. Isto mostra a qualidade do grupo de jovens de Sacramento, que pode ter um futuro risonho nos próximos anos.

Sábado de aptidões e afundanços

O sábado é, a par com o grande jogo de domingo, a principal atração do fim de semana. Primeiro jogou-se o skills challenge. Jogadores como Luka Doncic, Nicola Jokic e Trae Young fizeram um percurso com obstáculos e que termina com um triplo para vencer.

Da primeira ronda passaram Jokic, Young, Doncic e ainda Jason Tatum. Tatum bateu Jokic e Young bateu o seu rookie rival Doncic para chegarem à final. Trae Young esteve sempre na frente do percurso e chegou à linha de triplo primeiro. Enquanto o base dos Atlanta Hawks armava o lançamento, Tatum lançou de trás do meio-campo… E acertou! Um lançamento em desespero (Tatum sabia que Young não ia falhar o seu primeiro triplo) que lhe deu a vitória.

Uma vitória para Tatum que premeia um lançamento “à Curry” e mostra que o jogador dos Boston Celtics é um dos mais talentosos da liga. Com apenas 20 anos, Tatum será uma das estrelas da NBA durante muitos anos!

Depois do triplo mágico de Tatum, pediam-se mais lançamentos certeiros. O torneio de triplos incluía alguns dos melhores atiradores da liga: Steph e Seth Curry, Danny Green, Devon Booker, Damian Lillard, Kemba Walker e ainda Dirk Nowitzki. Apesar disso, apenas uma destas vedetas passou à ronda final: Steph Curry. Os outros dois finalistas foram Joe Harris e Buddy Hield.

Nessa ronda final, Curry acertou menos lançamentos do que na primeira ronda (fez “apenas” 24). Aproveitando isso, Joe Harris fez 26 e levou o troféu para casa. O jogador dos Brooklyn Nets está na melhor época da carreira (de triplo e não só!) e junta assim um título interessante ao seu currículo.

Apesar de termos tido algumas desilusões neste concurso de títulos, tivemos uma boa surpresa. Dirk, aos 40 anos, fez 17 pontos e animou as bancadas em Charllotte com uma demonstração de longevidade.

O sábado terminou com o concurso de afundanços. Apesar de ter sido um dos concursos mais fracos dos últimos anos, tivemos momentos memoráveis. Os dois finalistas foram, merecidamente, Hamidou Diallo e Dennis Smith Jr. DSJ até teve dois afundanços com 50 pontos e Diallo apenas um. Mas com 3 tentativas falhadas no primeiro afundanço da ronda final, o base dos New York Knicks não teve hipóteses.

A vitória acaba por ser merecida, já que Diallo teve o melhor afundanço da noite. Saltou por cima de Shaquille O’Neal e afundou, enterrando o braço no cesto. Um poder de elevação fantástico que lhe valeu 50 pontos e um pavilhão em alvoroço.

Domingo das estrelas maiores

Apesar de tudo, é o jogo de domingo que todos querem ver. Os melhores dos melhores, organizados em duas equipas. Este ano foi Team Lebron vs Team Giannis. O draft das equipas foi, pela primeira vez, transmitido em direto e o espetáculo prometia.

O jogo foi dentro do mesmo esquema dos últimos anos. Pouca defesa, muitos afundanços e triplos e um resultado elevado. A equipa Giannis liderou o resultado na primeira parte e a equipa LeBron virou na segunda parte, vencendo o jogo.

O resultado foi menos equilibrado do que no ano passado e por isso o final foi menos intenso. Na última edição vimos boas jogadas defensivas já que o resultado final estava por decidir. Este ano, sem isso, o final foi ameno, apesar do grande afundanço de Curry no último lance. Esse foi um dos melhores lances do jogo, mas houve mais.

Curry foi um dos mais espetaculares do encontro. Para além desse afundanço, teve um alley-oop fantástico para Giannis e uma 4-point play no seu colega dos Warriors Klay Thompson. Apesar disso não venceu o prémio de MVP, venceu o outro jogador dos Warriors na partida: Kevin Durant. KD fez 31 pontos e 7 ressaltos, ajudando largamente à vitória da equipa LeBron.

Do outro lado, Giannis apontou 38 pontos e 11 ressaltos! Insuficiente para chegar à vitória, o grego apontou afundanços monstruosos que animaram o pavilhão e a sua equipa.

Outras das grandes atrações foram Nowitzki e Dwyane Wade. Os dois veteranos foram convidados a jogar no seu último all-star e cumpriram. Dirk fez 3 lançamentos, os 3 de triplo e acertou os 3, um deles de bem longe. Wade fez 7 pontos e 4 assistências, incluindo dois alley-oops com LeBron James, um a assistir e outro a afundar. Duas grandes exibições de duas das maiores lendas recentes da NBA.


LeBron James conquistou a segunda vitória seguida e veremos se, no próximo ano, fez 3 em 3 ou se não terá sequer hipótese de ser capitão outra vez. Agora é tempo de focar no resto da época regular e ver quem vence nos playoffs que se aproximam!

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.