Dias Ferreira

Apoiado por Carlos Vieira (antigo vice de Bruno de Carvalho), Dias Ferreira escolheu o antigo guarda-redes sportinguista Ricardo para a função de ‘team manager’, distanciando-se de outras candidaturas com a proposta da criação de dois novos centros de treino na região de Lisboa, uma para o futebol e outra para as modalidades.

Frederico Varandas

Estava em Alcochete durante a invasão, demitiu-se do cargo de diretor clínico do Sporting após a final da Taça de Portugal da última época e foi o primeiro a anunciar a candidatura, logo do dia seguinte à destituição de Bruno de Carvalho, apostando no ex-futebolista internacional Beto para as funções de ‘team manager’.

João Benedito

Multicampeão de futsal pelo Sporting, João Benedito terá no antigo jogador André Cruz o homem-forte do futebol, para o qual pretende importar a cultura de vitória das modalidades, promovendo a criação do cargo de diretor executivo para as áreas não desportivas, que será transversal ao clube e à SAD.

José Maria Ricciardi

A campanha de José Maria Ricciardi, que também se apoia em dois antigos internacionais da ‘casa’ - José Eduardo, como diretor para o futebol, e Marco Caneira, como diretor desportivo -, tentou, acima de tudo, fazer descolar do banqueiro da imagem de ‘presidente sombra’ que o tem acompanhado nos últimos anos.

Rui Jorge Rego

O ex-futebolista internacional brasileiro Roberto Carlos é a aposta para diretor desportivo de Rui Jorge Rego, que foi o único a apresentar um parceiro estratégico, o brasileiro Júlio Brant, que se manifestou disposto a investir 120 milhões de euros em Alvalade.


O SAPO24 contactou a candidatura de Fernando Tavares Pereira, mas até à data de publicação deste artigo o seu vídeo não tinha ainda sido enviado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.