A jovem nipónica, de 21 anos, venceu Pliskova, oitava do ‘ranking’ e sétima cabeça de série do primeiro 'Grand Slam' da temporada, pelos parciais 6-2, 4-6 e 6-4 em uma hora e 53 minutos.

Naomi Osaka volta assim a uma final depois da conquista pela primeira vez um torneio do 'Grand Slam' de ténis, ao vencer a norte-americana Serena Williams na final do Open dos Estados Unidos, no ano passado.

A jovem japonesa vai disputar a final com a tenista checa Petra Kvitova, atual sexta do ‘ranking’ mundial de ténis, que se qualificou hoje ao bater nas meias-finais a norte-americana Danielle Collins por 7-6 e 6-0.

Kvitova vai disputar a primeira final de um 'Grand Slam' desde Wimbledon, em 2014, quando se sagrou campeã. Independentemente do resultado na final do Open da Austrália, a tenista checa vai ascender, na próxima segunda-feira, à liderança do ‘ranking’ WTA, relegando a romena Simona Halep para a segunda posição.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.