A equipa bicampeã em título na Libertadores teve um autêntico ‘passeio’ na visita a Sucre, num jogo em que já vencia por 2-0 aos 22 minutos e partiu para uma goleada na segunda parte, já após a expulsão de Cristiano Souza no Petrolero, aos 45+2.

O avançado Raphael Veiga voltou a ser um jogador decisivo para os brasileiros, ao apontar um ‘hat trick’, com golos aos 17 minutos (de grande penalidade), aos 22 e 60, enquanto Rafael Navarro, que entrou no segundo tempo, marcou aos 62, e Murilo Cerqueira aos 74.

Navarro lidera a lista de melhores marcadores na competição, com sete golos, seguido por Raphael Veiga, com seis.

A duas jornadas do fim da fase de grupos, o Palmeiras lidera o grupo A, com 12 pontos (vitórias em quatro jogos), distante do Emelec, segundo, com cinco, Deportivo Tcahira, com quatro, e Independiente Petrolero, com um.

“Fomos sérios, competentes e justos vencedores, mas o Palmeiras é que tornou o jogo fácil. Somos uma equipa muito focada, muito séria e muito competente”, disse na conferência de imprensa final, Abel Ferreira.

Pelo Palmeiras, Abel Ferreira fez história, ao conquistar a Taça dos Libertadores da edição de 2020, derrotando na final o Santos, e em 2021, o Flamengo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.